Clique aqui

segunda-feira, 29 de março de 2010

PENSATA

O grande mistério maçônico é perseguir 
a simplicidade do caráter humano

Os novos Irmãos da ABLS Padre Miguelinho foram saudados pelo Mestre Maçom Ivan de Souza Cruz (foto), que atuou como Orador na Sessão de Iniciação.

Num discurso profundo, porém didático, o Irmão Ivan apresentou a Ordem aos novos Maçons.

O Blog do GOIERN publica, abaixo, o discurso proferido por ele na Sessão Solene realizada no dia 27 de março, no Templo da Loja Padre Miguelinho:


Venerável Mestre, Autoridades Maçônicas aqui presentes, Irmãos convidados, Irmãos Primeiro e Segundo Vigilantes, Meus Irmãos do Oriente e do Ocidente:
Trata-se a presente data de um momento especial: é aquele em que recebemos, de braços abertos, novos Irmãos oriundos do mundo profano. 
Esse rito de passagem é importante, não só para os aprendizes, como também para todos nós que já fomos iniciados antes desse importante momento.
Todos nós já tivemos o prazer e a honra de sermos convidados a integrar essa Irmandade, e passar pelo rigoroso crivo que a sua admissão exige. 
Investigações profundas da vida profana são feitas sem o conhecimento dos pesquisados, assim como sindicâncias, onde são averiguados in loco o nosso lar, a nossa família e a harmonia necessária que deve residir no coração daquele que aspira iniciar nos segredos da Grande Ordem.
Todos vocês tiveram o privilégio de serem aceitos a decifrarem os grandes mistérios da Maçonaria. 
E afinal, quais são os grandes mistérios?
A solução desse enigma de nossa Irmandade é simplório, afigurando-se paradoxal: o mistério está em perseguir a simplicidade do caráter humano, na sua acepção mais pura. 
Busca-se aqui:
· a valorização do homem e de seus princípios basilares;
· a paz interior;
· a vivência em obediência ao Grande Arquiteto do Universo;
· o auxílio irrestrito ao próximo;
· o respeito às ideias do semelhante, sem contudo violentar nossos próprios pensamentos;
· a filantropia, auxiliando aqueles mais necessitados;
· a igualdade de todos, sem nenhuma subserviência, independente de classe social, econômica ou credo de qualquer natureza.
Dispamo-nos, pois, de todas as vaidades que porventura possam existir na alma de cada um de nós. 
Hoje sois aprendizes; amanhã, companheiros; no futuro, mestres maçons.
Lembrando o Salmista, só subirá a Montanha do Senhor quem tiver as mãos limpas e o coração puro. 
Tal ascensão exige renúncias a prazeres materiais, em detrimento àqueles mais necessitados.
Passa necessária e inafastavelmente pelo exercício desprendido de auxílio ao próximo, sem jamais aguardar a retribuição. 
Isto porque o Maçom faz o bem, sem esperar afagos do beneficiado.
Faz parte do engrandecimento individual prestar auxílio, a grande maioria das vezes sem saber especificamente a quem. 
Assim é quando colaboramos com orfanatos, hospitais, escolas, instituições de caridade e entidades congêneres.
A todos os aprendizes que hoje adentram estas colunas, saibam que a Maçonaria:
· cede imóvel de sua propriedade a uma escola pública, fomentando assim a educação de seus semelhantes;
· angaria medicamentos e alimentos para creches e hospitais;
· auxilia na construção de casas para aqueles mais necessitados, dentre outras atividades.
A chegada de vocês, nossos novos Irmãos, a fortalecer este Edifício, é um sinal da indiscutível do engrandecimento  de nossos quadros, que pinça na sociedade aqueles que façam jus a integrarem esta Sociedade.
Passamos incólumes a períodos históricos, desde os primórdios da Idade Média, a guerras, revoluções, nascimento de países, mudanças de hábitos e costumes.
Como poderia se explicar tal vitalidade?
Essa longevidade se deve ao fato de nunca termos sido vassalos de reinados ou governos, mas sim seguidores fiéis de um Deus eterno, que nos ilumina o coração de retidão, bondade e concórdia.
As nos apoiarmos nessa trilogia, os males não terão o condão de nos afligir, pois teremos espiritualmente Deus a nos amparar, e os Irmãos a nos mutuamente socorrer.
Já diziam os sábios que o grande mistérios estão na mais absoluta simplicidade. 
Nesse sentido, meus Irmãos, sejam bem-vindos a esta nova Casa, que os recebe de braços fraternalmente abertos.
Que o Grande Arquiteto do Universo abençoe a todos nós!


Nenhum comentário:

Postar um comentário