Clique aqui

sábado, 30 de setembro de 2017

Loja 24 de Junho comemora abolição em Mossoró

Mossoró foi a primeira cidade brasileira a abolir a escravidão
Há 134 anos, a cidade de Mossoró aboliu a escravidão em seu território, gesto que precedeu em cinco anos a abolição da escravatura no Brasil através da Lei Áurea, promulgada pela Princesa Izabel.
Pra comemorar a data, a Loja Maçônica 24 de Junho realizará hoje Sessão Magna Branca, reunindo autoridades maçônicas e profanas, convidados e a população de Mossoró.
Desde ontem, o Grande Oriente do Rio Grande do Norte (GORN) transferiu simbolicamente a sede de Natal para Mossoró, cumprindo decreto do Grão-Mestre Antônio Gomes da Silva, situação que perdurará até amanhã.
Delegações de Maçons de várias Oficinas estarão se deslocando ao Oriente de Mossoró para participar das festividades.
HistóriaO dia 30 de Setembro é a maior festa cívica de Mossoró, através de decreto datado de 13 de setembro de 1913, uma forma de homenagear todos os que participaram das lutas pela abolição da escravatura. 
Diferentemente dos outros municípios brasileiros, Mossoró foi pioneira na abolição da escravatura através de campanhas sistemáticas pela liberação dos seus escravos. 
Os registros históricos mostram que Mossoró não era uma cidade escravocata: em 1862 havia 153 escravos registrados, em meio a uma população de 2.493 habitantes, pouco mais de 6% do total. 
Essa falta de vocação escravagista ocorria pela ausência de engenhos, onde geralmente os escravos eram empregados. 
Mossoró tinha vocação para criação de gado e, mesmo assim, foi pioneira no movimento libertário. 
Quando, no ano de 1877 em decorrência de uma terrível seca no Nordeste que provocou um êxodo em massa para a região litorânea Mossoró passou a receber maior quantidade de escravos, o povo despertou o sentimento de piedade. 
Em 6 de janeiro de 1883 foi criada, em Mossoró, a Sociedade Libertadora Mossoroense, com objetivo único de lutar pela aboliçãoção. 
A ideia da Sociedade Libertadora Mossoroense é atribuída à Frederico Antônio de Carvalho, Irmão Maçom da Loja Maçônica de 24 de Junho.
Hoje, 134 anos depois da vitória da liberdade sobre a escravidão, Mossoró celebra o fato histórico.
Leia mais sobre a história de Mossoró clicando AQUI.

Festa Preto e Branco reúne maçons em Natal


A Loja Maçônica Emídio Fagundes  vai realizar a sua primeira Festa Preto e Branco, iniciativa que objetiva angariar recursos para aplicação nas atividades beneficentes da Oficina e na manutenção da estrutura física.
A festa vai começar às19h30, no Salão de Banquetes da Loja, com animação de Totonho e seus Teclados.
A senha individual custa R$ 30,00, e haverá serviço de bar e petiscos à disposição dos Irmãos, cunhadas e convidados.


sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Agenda Maçônica - 29/9/2017

Hoje, sexta-feira, tem Sessão Maçônica nas seguintes Oficinas do Grande Oriente do Rio Grande do Norte:

NATAL



Loja Cavaleiros de Aço nº 30, Rua Antonio Basílio, 3503 - Lagoa Nova - R∴E∴A∴A∴

Loja Clementino Câmara nº 07, Rua Forte dos Reis Magos, 1173 - Dix-Sept Rosado - R∴E∴A∴A∴

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

GORN transfere sede para Mossoró

Mossoró comemora os 134 anos de abolição da escravatura
O Grande Oriente do Rio Grande do Norte (GORN) mudará simbolicamente de sede de Natal para Mossoró, a partir de amanhã, 29 de setembro.
Decreto neste sentido foi publicado terça-feira pelo Grão-Mestre Antônio Gomes da Silva, e estipula o prazo de 1 de outubro para a mudança.
A transferência da sede do GORN para o Templo da Aug∴Resp∴ Gr∴Ben∴e Gr∴Benf∴Loj∴Simb∴ “24 de Junho” ocorrerá porque naquela Oficina serão realizadas as comemorações alusivas ao 134o aniversário da Libertação da Escravatura, em Mossoró.
O dia 30 de setembro é comemorado anualmente em solenidade pública na Loja 24 de Junho, lembrando a abolição naquele município.
Delegações de Maçons de várias Oficinas estarão se deslocando ao Oriente de Mossoró para participar das festividades.

Agenda Maçônica - 28/9/2017

Hoje, quinta-feira, tem Sessão Maçônica nas seguintes Oficinas:

ASSU
Loja Fraternidade Assuense nº 11, Rua Professor Luiz Antonio, 595 - Centro - R∴E∴A∴A∴

PAU DOS FERROS
Loja 13 de Setembro nº 13, Rua Carloto Távora, 1117 - Centro - R∴E∴A∴A∴

JARDIM DO SERIDÓ
Loja União Jardinense nº 14, Rua Dr. Ruy Mariz, 202 - R∴E∴A∴A∴
NATAL
Loja Padre Miguelinho nº 03, Rua Presidente Bandeira, 326 - 1º Andar - Alecrim - R∴E∴A∴A∴
Loja Rio Potengi nº 28, Rua Itapagé, 2691, Panatis - R∴E∴A∴A∴
Loja Emídio Fagundes nº 06, Rua Antonio Basílio, 3503 - Lagoa Nova - R∴E∴A∴A∴

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Agenda Maçônica - 26/9/2017

Nesta terça-feira tem Sessão Maçônica nas seguintes Oficinas:

MOSSORÓ
- Loja Bet-El nº 12, Rua Edmar Francisco Pereira, s/n, Aeroporto - R∴Y∴

CAICÓ
Loja Frank Shermann Land nº 27Rua Juarez Távora, 1403, Mainard - R∴E∴A∴A∴

AREIA BRANCA
Loja Coronel Fausto nº 05, Rua Maria Lúcia de Góis, 26 - IPE - R∴E∴A∴A∴
MACAU
Loja 27 de Dezembro nº 04, Rua São José, 306, Centro - R∴E∴A∴A∴
NOVA CRUZ
Loja União do Agreste nº 15, Rua 1º de Maio, s/n - R∴E∴A∴A∴

PARELHAS
Loja Cirilo Santos nº 16, Rua Daniel Gomes de Oliveira, 44 - R∴E∴A∴A∴

APODI

Loja Vale do Apodi nº 17, Rua Albanisa Barbosa, nº 100 - Cj IPE, BR 405, Km 75 - R∴E∴A∴A∴
NATAL
Loja União e Vitória nº 20, Parnamirim, Rua Antonio Lopes Chaves, 256, Parque do Pitimbú - R∴E∴A∴A∴ 
Loja Obreiros de Santos Reis nº 31, Rua Presidente Bandeira, 326 - Alecrim, no Templo da Loja Pe. Miguelinho - R∴B∴

Loja Bartolomeu Fagundes nº 08, Natal, Rua Alexandrino de Alencar, 1247 - Tirol - R∴E∴A∴A∴ 

Loja Hegésippo Reis de Oliveira nº 10, Natal,  Rua Presidente Quaresma, 1119 - Lagoa Seca - R∴E∴A∴A∴

- Loja Sol Nascente nº 24, Natal, Rua Maracanã, 7933 - Cidade Satélite - R∴E∴A∴A∴

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Agenda Maçônica - 25/9/2017

Hoje, segunda-feira, tem Sessão Maçônica nas seguintes Oficinas:

MOSSORÓ
- Loja João da Escóssia nº 09, Rua Felipe Camarão, 23, Bairro Doze Anos. R∴E∴A∴A∴

CEARÁ-MIRIM
- Loja Princesa dos Canaviais, nº 22, Rua Santa Teresinha, 80, Conjunto Luiz Lopes Varela. R∴E∴A∴A∴

NATAL
- Loja Filhos da Fé nº 02, Rua Santo Antonio, 736 - Cidade Alta. R∴E∴A∴A∴
- Loja Fraternidade de Ponta Negra nº 19, Av. Praia de Muriú, 260,  Ponta Negra. R∴E∴A∴A∴

domingo, 24 de setembro de 2017

As Armadilhas da Perfeição


Jurandy Cordeiro de Souza Júnior

A perfeição impõe ao homem o controle total sobre a vida, não abrindo espaço à experiência, à pesquisa e à livre criação. Ao negar-lhe qualquer possibilidade de erro, este homem está se impedindo de aceitar a si mesmo e de buscar o seu conhecimento interior.
O conceito de perfeição, que a cultura ocidental considera como sinônimo de valor máximo em todas as ordens, foi exaltado por certa expressão histórica do cristianismo como o mais sagrado dos imperativos para o gênero humano: ser perfeito como Deus é perfeito.
Os que vivem tomados por esta dinâmica acusam uma sensação constante de inadequação, sentindo-se malfeitas e incapazes de aceitar os próprios erros. Vivem na presença de um juiz implacável. Descobrem-se desprovidos de espontaneidade, necessitando funcionar com a precisão de um relógio suíço, vivendo em função de normas, programas e certezas, como se tudo fosse um laboratório.
A perfeição exige seres frios emocionalmente, que se nutrem de desestima, de sentimentos de culpa e de remorso todas as vezes que cometem um erro ou insucesso. Seus atos tem a necessidade de ser aprovados pelo juiz interior e pelos outros.
O ideal de perfeição exerce um controle sobre a nossa realidade, não havendo espaço para a espontaneidade, impedindo a pesquisa, sondagens ou experiências e aventuras.
Aceitar as próprias limitações é aceitar a si mesmo, daquilo que se é realmente, sem alienar-se de nada nem do passado nem do presente. Quem é dominado pela ideia de ser perfeito funciona com uma espécie de “repelente”, mas ao repelir-se quando erra, está errando porque se rejeita. A perfeição predispõe a pessoa a tratar com antipatia tudo o que é imperfeito, sendo muita baixa a sua tolerância com o que se afasta do perfeito.
Para ser feliz, o homem deve aceitar-se tal como é. Nenhum outro animal, exceto o homem, dá-se ao desprezo devido às próprias imperfeições. O conceito que temos de perfeição nos faz elaborar conceitos, emoções e comportamento de tal modo que poderemos ser vítima de uma psicologia da perfeição, exigindo que o nosso sistema mental trabalhe de forma indefectível e infalível, admitindo que o erro e o insucesso são inimigos da vida.
Mas é sabido que o erro é a matéria-prima da vida, podendo surgir numerosos recursos, e oferece a oportunidade de limar as asperezas de nossa conduta em relação a nós mesmos e aos outros.
O verdadeiro sucesso está em tirar proveito de nossas fraquezas, fazer um uso construtivo de nossos erros. A perfeição caracteriza-se pelo excesso, na ansiedade de ir cada vez mais para cima, sobressair-se, de estar por cima.
Se mudarmos o modo de pensar poderemos alterar a nossa relação com este fardo de imperfeições que carregamos.
Conhecer nosso limite poderá consequentemente orientar o sistema mental de tal modo que as reações emocionais e comportamentais em relação a nós mesmos, aos outros e à vida em geral, se torne um exercício constante de adaptação à realidade, proporcionando mudanças com qualidade.
Não temos como não cometer erros, não ter defeitos, podemos porém aprender a servir-nos deles. O sistema mental coloca-se na condição de aceitar os próprios defeitos. A perspectiva produz representações internas aptas à aceitação de si.
A perspectiva do limite reorienta a pessoa para aquilo que ela realmente é. Nessa reorientação não sofremos uma limitação, ao contrário, aceitamos nossa própria realidade limite. Nesse caso, aceitamos algo essencial: o próprio eu.

*Baseado no primeiro capítulo do livro Respeita o teus Limites – Fundamentos Filosóficos da Terapia da Imperfeição, de Ricardo Peter (São Paulo, Paulus, 1999).
Taxto originalmente publicado AQUI, no site O Ponto Dentro do Círculo

sábado, 23 de setembro de 2017

COMUNICADO - Tribunal Eleitoral Maçônico

Caros irmãos,

O TEM – Tribunal Eleitoral Maçônico, comunica que, além de sua seção inserida no Blogue do GORN, de acesso geral e publicada em agosto p. p., também a sua página no sítio eletrônico do Grande Oriente do Rio Grande do Norte – GORN, encontra-se elaborada e disponível para visualização e consulta, sendo que esta última é de acesso restrito aos Irmãos Mestres Maçons, de acordo com a interpretação extraída da legislação de nossa Potência, especificamente dos artigos 55 e 37 da Constituição; 68 do RG – Regulamento Geral; e 3º do CEM – Código Eleitoral Maçônico.
Os links de acesso são os seguintes:
Blogue do GORN - clique aqui
Sítio do GORN - clique aqui

Um T:.F:.A:.

Natal, 22 de setembro de 2017 da E∴V∴     

George Heronildes
Presidente do TEM

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Loja Padre Soveral reinicia atividades

A Loja Padre Soveral nº 21 reiniciará as suas atividades maçônicas neste sábado, dia 23 de setembro.
O anúncio foi feito pelo Irmão Francisco de Assis Araújo, Grande Secretário de Administração do GORN.
A Sessão Econômica no Grau de Aprendiz começará às 9h da manhã, no Tempo da Loja Bartolomeu Fagundes, situado na Avenida Alexandrino de Alencar, 1247, em Natal, que será a sede provisória da Oficina.
Originalmente, a Loja é do Oriente de Canguaretama, e tem como endereço de trabalho a Rua Lindolfo Sales, 360, Centro, e foi fundada em 19/07/1987.
Nesta primeira Sessão da nova fase da Loja Padre Soveral, haverá a regularização de cinco Irmãos, a filiação de quatro novos Obreiros e a posse da nova diretoria da Loja.
Por Decreto do Grão Mestrado, a Loja Padre Soveral será dirigida pelo Ir∴ Juarez Antonio de Sá Rabello.
Neste recomeço, a Loja Padre Soveral ficará funcionando a cada 15 dias, nos primeiro e terceiro sábados de cada mês, no Templo da Loja Bartolomeu Fagundes.


Agenda Maçônica - 22/9/2017

Hoje, sexta-feira, tem Sessão Maçônica nas seguintes Oficinas do Grande Oriente do Rio Grande do Norte:

NATAL


Loja Clementino Câmara nº 07, Rua Forte dos Reis Magos, 1173 - Dix-Sept Rosado - R∴E∴A∴A∴


Loja Cavaleiros de Aço nº 30, Rua Antonio Basílio, 3503 - Lagoa Nova - R∴E∴A∴A∴

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Loja Princesa dos Canaviais celebra 30 anos de fundação

Sessão Magna Branca, realizada no dia 
15 de setembro, marcou o aniversário 
da Oficina de Ceará-Mirim

Com uma Sessão Magna Branca, presidida pelo Venerável Mestre Antonio Inácio de Souza, a Loja Princesa dos Canaviais nº 22 comemorou sexta-feira passada o seu aniversário de 30 anos de fundação.
Evento foi prestigiado pelo Grão Mestre Adjunto, Irmão Ozair Filho, acompanhado de comitiva do Grande Oriente do Rio Grande do Norte, e também por Irmãos da Loja Clementino Câmara, que suspendeu os seus trabalhos regulares para participar da solenidade em Ceará-Mirim.
Veneráveis de outras Lojas, Irmãos, cunhadas, sobrinhos, representantes das Ordens  Demolay e Filhas de Jó,  além de convidados da  comunidade cearamirinense participaram da Sessão, que teve palestra do Professor João de Castro.
Ele falou sobre  A Cidade de Ceará-Mirim.
A Loja prestou homenagem aos senhores Carlos Crescêncio, João Roberto (Tudo Rico) e Pedro Carlos da Rocha, que receberam Preitos de Reconhecimento pela trajetória de vida, trabalho e família  no Vale do Ceará-Mirim.
Também foi homenageado o Irmão Wilson Noletto, Venerável de Honra da Loja Princesa dos Canaviais, que recebeu a honraria das mãos do Grão Mestre Adjunto, Ozair Filho, em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à Maçonaria e ao povo cearamirinense.
Após a Sessão foi servido um coquetel, com música ao vivo, na área externa do Templo, e exibido em telão um álbum digital com registros fotográficos ao longo dos 30 anos da Loja.
Abaixo, o Blog do GORN publica algumas imagens da festa: