Clique aqui

09 abril 2018

Soberano lança Sereníssimo pra sucedê-lo no GORN

Ozair Filho (de pé) foi lançado por Antônio Gomes (à esquerda, lápis na mão)
como seu candidato a Soberano do GORN nas eleições de 2019 
O Soberano Antônio Gomes da Silva, Grão-Mestre do GORN, lançou o Irmão José Ozair Pinto Filho como seu candidato a Grã-Mestre nas eleições de 2019.
O Irmão Antônio Gomes elogiou Ozair, pela sua lealdade e parceria na condução do Grande Oriente do Rio Grande do Norte desde a posse dos dois, e disse que o Sereníssimo é o seu candidato a Soberano.
O anúncio foi feito no encerramento da 1ª Reunião Ordinária do Conselho Geral do GORN, realizada sábado passado na Loja Pe. Miguelinho, em Natal, quando o Soberano lembrou aos Mestres a necessidade de comparecer às sessões econômicas para que se habilitem a votar e/ou ser votado.
O Irmão Antônio Gomes aproveitou a ocasião para agradecer ao Irmão Antônio Teixeira de Medeiros que, em virtude de inúmeros compromissos profissionais na vida profana, renunciou ao cargo de Grande Secretário de Liturgia e Ritualística do GORN.
Ainda durante a reunião do Conselho Geral, os Conselheiros conheceram os demonstrativos  de receitas e despesas da Potência, relativos aos períodos de 12/2017 a 03/2018.
Exposição foi feita pelo Irmão Manoel Gomes da Silva, Grande Secretário de Finanças do GORN, que vai encaminhar a prestação de contas à Poderosa Assembleia Legislativa Maçônica do GORN, para análise e parecer.
O Sereníssimo José Ozair Pinto Filho também agradeceu ao Irmão Teixeira pela colaboração, lamentou a sua saída da Grande Secretaria, e o convocou a participar das futuras reuniões do Conselho Geral para continuar contribuindo com a sua experiência nos debates e deliberações.
Reiterou a necessidade de todos os Irmãos exercitarem a união, a tolerância e a sabedoria para que os trabalhos maçônicos do ano em curso sejam realizados em clima de união e cobertos de êxito.

Um comentário:

  1. Edilberto Nogueira9 de abril de 2018 12:27

    Excelente escolha, Ozair representará muito bem nosso oriente.

    ResponderExcluir